Pular para a barra de ferramentas

BOQUINHA NO CONDE: PRESIDENTE DO PSB MUNICIPAL ACUMULA 3 CARGOS PÚBLICOS, PARTICIPA DE 2 SESSÕES E ABOCANHA MAIS DE 15 MIL REAIS DOS COFRES PÚBLICOS

A gestão do PSB na cidade de Conde está marcada por irregularidades, prisões, escândalos e gente estranha ao município tentado se segurar nas tetas do poder de toda forma.

No final do ano passado a atual prefeita Márcia Lucena foi presa na Operação Calvário acusada de instalar uma Organização Criminosa na prefeitura da Cidade.

Porém, um fato curioso foi disponibilizado pelo TCE-PB.

O ex-chefe de gabinete de Márcia Lucena, que já foi chefe de tributos e assessor especial de seu gabinete, Aleksandro Pessoa, presidente do PSB municipal e terceiro suplente de vereador, recebeu dos cofres públicos só no mês de dezembro a bagatela de R$ 15.595,18 (Quinze mil, quinhentos e noventa e cinco Reais e dezoito centavos).

Segundo a plataforma de Acumulação de Vínculos Públicos do TCE-PB, Aleksandro Pessoa recebeu R$ 2. 421,32 como Policial Militar, Recebeu R$ 8.027,78 como Assessor Especial do gabinete da prefeita e recebeu ainda R$ 5.146,08 por ter participado de 3 sessões como vereador, depois que o titular do cargo foi preso, o primeiro suplente assumiu uma vaga de secretário na gestão de Márcia Lucena e o segundo suplente desistiu de assumir para não renunciar ao cargo comissionado que tem também na prefeitura de Conde.

Aleksandro Pessoa não atua oficialmente nos quadros da Polícia Militar desde que Márcia Lucena assumiu o mandato do Conde o PM foi colocado a disposição da prefeitura da cidade.

Ele assumiu o mandato de vereador no dia 10 de dezembro e participou da sua primeira sessão no dia 16/12, um dia antes da prisão de Márcia Lucena na Operação Calvário, após esse momento o terceiro suplente participou de mais uma sessão para votação da LOA 2020, e por essas duas participação de pouco menos de 1 hora, em que permaneceu quase todo o tempo calado, Aleksandro Pessoa mordeu dos cofres públicos da cidade mais de cinco mil reais.

Ainda mais, nos 9 dias que esteve exercendo o cargo de Assessor de Gabinete da Prefeita o PM recebeu mais de 8 mil reais dos cofres da prefeitura, mesmo já recebendo o salário de policial militar para ficar à disposição da gestão de Márcia Lucena.

A cada dia que se passa o povo do Conde vai entendendo melhor o real interesse da turma do PSB na cidade.

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: