*Secretária executiva defende a criação de uma grande rede de cidadania*

 

*Secretária executiva defende a criação de uma grande rede de cidadania*

Tatiana Alvarenga destacou que a integração das áreas de desenvolvimento social, cultura e esporte irá fortalecer as políticas públicas de cada área.

Integrar o desenvolvimento social, a cultura e o esporte, sem perder de vista o foco de cada área. Foi com esse objetivo que a secretária executiva do Ministério da Cidadania, Tatiana Alvarenga, tomou posse nesta quarta-feira (2), em Brasília (DF). “A ideia é que a gente se torne uma grande rede da cidadania para que os nossos serviços e as nossas ações cheguem mais perto da população, que é o nosso alvo”, destacou.

Desde abril de 2008, Tatiana ocupava o cargo de secretária executiva do extinto Ministério do Desenvolvimento Social. Segundo ela, a integração dos ministérios da Cultura e do Esporte ao Desenvolvimento Social irá fortalecer as políticas públicas de cada área. “A gente tem, sim, uma grande agenda de integração. Quando a gente fala em desenvolvimento social, sabemos que não se faz o trabalho só com o olhar da cultura e do esporte, mas com a Esplanada como um todo”, avaliou.

Outro ponto reforçado pela secretária foi a sustentabilidade dos financiamentos. Segundo ela, será preciso ter um olhar especial para as finanças das ações e estratégias para que elas alcancem a população sem onerar o governo federal. “Temos na secretaria especial de Desenvolvimento Social experiências exitosas com financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Por que não expandir isso para áreas da cultura ou do esporte?”, defendeu Tatiana.

Por fim, a secretária executiva afirmou que os primeiros meses de trabalho no novo ministério serão intensos. “Queremos fazer a integração o mais rápido possível. Temos uma frente de trabalho muito forte para a prioridade dos próximos 100 dias de governo, como está posto pelo presidente Bolsonaro, mas também toda a integração de áreas, valorizando cada competência institucional”, complementou.

*Estrutura* – O Ministério da Cidadania foi criado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que nomeou o deputado federal Osmar Terra como ministro por meio de decreto publicado no dia 1º de janeiro. A pasta engloba, além de Esporte e Cultura, as políticas nacionais de Desenvolvimento Social, Segurança Alimentar e Nutricional, Assistência Social, Renda de Cidadania, e parte das políticas sobre drogas.

Fonte: www.mds.gov.br/area-de-imprensa

Da Redação com Zeus Consultoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas